FikaConversas na Veja São Paulo

Compartilho com você este texto que escrevi para a coluna A Tal Felicidade, da revista Veja São Paulo, onde conto um pouco da minha jornada de descoberta do universo encantador das boas conversas! Leia na revista, clicando aqui, ou na transcrição abaixo.   UM MISTÉRIO A SER DESVENDADO Sabe aquelas descobertas que fazemos na vida
Uma das importantes palavras contemporâneas do FikaConversas é a empatia. O card da Caixeta diz: “Colocar-se no lugar de alguém, de forma que a vida e a história desse alguém nos faça sentir o que a pessoa sente e nos faça ampliar nosso entendimento do que é humano – eis a empatia. A escuta empática
Confira em nosso blog as definições e diferenças entre fake news e pós-verdade, termos parecidos porém diferentes, ambos retratos dos dias de hoje.
Palavras definem uma época. Novas palavras surgem, outras evoluem em seus significados. São um legado vivo. É gostoso conhecer a história das palavras que, um dia, foram novas.
rt of Hosting e Comunicação Não Violenta são gratas surpresas que descobri. Acreditam que conversas significativas podem mudar a qualidade de nossas relações familiares.

É a água de dentro que afunda o barco

Conversas aliviam a alma! Sempre digo isso quando conto a história de um empresário que estava com o coração apertado por ter que encerrar um projeto que resultaria em desemprego.
A sensação de que a sociedade evolui mais rapidamente do que a nossa capacidade de se adaptar é um sentimento comum. E tem explicação.

Regina Casé e a Transidade

Estive ouvindo Regina Casé no Festival Path, um evento sobre inovação. Regina falou sobre o tema “Não tenho mais idade!” e jogou para a plateia o desafio de criarmos um termo para definir aqueles que, como ela, não se sentem com a idade que têm. E nem querem ser enquadrados cronologicamente. Seria Transidade?

Abdução e gaps existenciais

Abdução? De repente, descobrimos coisas que simplesmente não vimos mudar. Como isso aconteceu? Desde quando? É como se tivéssemos sido abduzidos – um termo usado pelos aficionados por ETs que descreve o rapto de humanos por alienígenas.

Timelanguage, Luis Camnitzer e nós

Ao caminhar pela SP Arte, em São Paulo, deparei com a obra do artista Luis Camnitzer,  "Timelanguage", de 2016. Muita coisa me ocorreu....